Gongobila / Ngongombila, um dos mais belos Nkisi.

Gongobila / Ngongombila é o Nkisi da riqueza e da fartura, filho de Dandalunda e Mutakalambô, deus da guerra e da água. É sem dúvida, um dos mais bonitos Nkisis do Candomblé, já que a beleza é uma das principais características dos seus pais.
Caçador habilidoso e príncipe soberbo, Gongobila reúne os domínios de Mutakalambô e Dandalunda e quase tudo que se sabe a seu respeito gira em torno de sua paternidade.
Apesar de sua história, é preciso esclarecer que Gongobila não muda de sexo a cada seis meses, ele é um Nkisi do sexo masculino. Sua dualidade se dá em nível comportamental, já que em determinadas ocasiões pode ser doce e benevolente como Dandalunda e em outras, sério e solitário como Mutakalambô, Gongobila é um Nkisi de contradições, nele os opostos se alternam, é o deus da surpresa e do inesperado.
Na África negra, dizem que Gongobila seria na verdade um guerreiro caçador, o maior entre todos os caçadores, pai de todos eles, inclusive de Mutakalambô. E se observarmos a cantiga de Mutakalambô, veremos que expressão que se da um grande caçador, ou seja  filho do caçador é constante, podendo inferir certa lógica nas histórias contadas pelos africanos.
A história revela que Mutakalambô, feliz pelo filho vindouro, declarou a Dandalunda o seu amor e pediu a ela posse do menino. Mutakalambô: por amor a você, quero que Gongobila fique comigo, vou ensiná-lo a caçar, comigo ele aprenderá os segredos da floresta. Mas Dandalunda também amava Gongobila e por maior que fosse seu amor por Mutakalambô ela não poderia separar-se de seu filho então declarou:
Gongobila viverá seis meses com sua mãe e seis meses com o seu pai, comerá do peixe e da caça, ele será caçador e será pescador, mas sem deixar de ser ele mesmo, Gongobila: um príncipe na floresta e um caçador sobre as ondas!
Características dos filhos de Gongobila.
Os filhos de Gongobila possuem as características de Dandalunda, ou seja, narcisismo, vaidade, gosto pelo luxo, sensualidade, beleza, charme, elegância. Tem também características em comum com Mutakalambô, ou seja, beleza, vaidade, cautela, objectividade e segurança. Mas algo não se pode negar: os filhos de Gongobila são bonitos e possuem olho de gato, algo que atrai e repele ao mesmo tempo. São do tipo bonito mas são mandões, os donos da verdade, os mais belos, cujo ego não cabe em si. Melhor não lhe fazer elogios em sua presença, a não ser que queira ver sua imensa cauda de pavão abrindo-se em leque. Quando têm consciência de que conseguem controlar os seus defeitos, os filhos de Gongobila tornam-se pessoas muito agradáveis. Os filhos de Gongobila não andam! Pairam sobre o ar!
Dia: Quinta-feira.
Cores: Verde-turquesa e Amarelo-ouro.
Símbolos: Ofá, Cavalo-marinho.
Elementos: Terra (floresta) e Água (de rios e cachoeiras).
Domínios: Riqueza, Fartura e Beleza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário